Casa na Malveira da Serra

O projeto resulta da vontade de harmonizar o programa com a envolvente e define-se sobretudo pelo desenho da topografia existente.

Num terreno de inclinação acentuada em direção ao vale, numa zona característica pelo impacto do vento Norte e do clima de serra foi especialmente relevante a relação com a natureza próxima.

Um muro de contenção serpenteia a casa a Sudeste, desenhando os pátios, e intercepta o terreno definindo a cota de implantação da casa e do jardim. A Nordeste um segundo plano fecha a casa aos ventos predominantes e salvaguarda a privacidade. Sobre estes pousa uma laje na continuidade do perfil natural do terreno que através da cobertura vegetal , composta por vegetação local, procura potenciar a relação da casa com a envolvente.

A entrada desenha-se a norte, junto ao limite do terreno, onde uma bolsa de entrada à cota da rua define a zona de estacionamento e articula com esta a cota da casa.

No interior a casa desenvolve-se numa sequência de espaços organizados por planos e volumes opacos que delimitam e contém o programa, dotando os espaços intersticiais de utilizações mais ou menos definidas. Junto à entrada ficam as funções sociais como o átrio, a cozinha e as salas, deixando para segundo plano os quartos e zonas mais privadas da casa.

O muro de contenção do terreno proporciona a abertura de pátios que desenham e iluminam de forma estratégica alguns dos espaços da casa. O encerramento dos restantes planos é feito com grandes painéis envidraçados que abrem a casa para a paisagem.

Se no exterior se pretende um ambiente ao mesmo tempo firme e puro através da utilização de betão aparente e da cobertura verde, o interior prima por uma dicotomia entre elementos mais duros e materialidades naturais e macias como a madeira e o estuque que contribuem para a domesticação do ambiente interior.

Localização Malveira da Serra, Cascais
Data 2017
Área de Construção 195m2
Colaboradores Pedro Serra, Ana Luísa Rosa
Imagens Onirism